TRE-RJ inaugura retratos da Galeria de Presidentes do Tribunal

Fotos dos desembargadores Cláudio Brandão e Carlos Santos passam a integrar o espaço

Foto posada dos ex-presidentes do TRE-RJ. À esquerda, o desembargador Carlos Santos de Oliveira,...
Ex-presidentes do TRE-RJ, desembargadores Carlos Santos de Oliveira e Cláudio Brandão de Oliveira

Em cerimônia realizada nesta quinta-feira (11), foram inaugurados os retratos dos desembargadores Cláudio Brandão de Oliveira e Carlos Santos de Oliveira, na Galeria de Presidentes do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). Anfitrião da solenidade, o atual presidente, desembargador Cláudio dell'Orto, falou sobre a importância simbólica da galeria. "Trazemos para as paredes da Justiça Eleitoral fluminense esses relevantes registros, que contam histórias de defesa da justiça e do voto", afirmou o presidente, acrescentando que "os agraciados são exemplos de homens que acreditam e lutam pela democracia".

O desembargador Cláudio Brandão esteve à frente da Justiça Eleitoral fluminense de dezembro de 2019 a março de 2021. O magistrado sucedeu o desembargador Carlos Santos de Oliveira, que havia assumido o TRE-RJ em março de 2019. Em seus discursos, os dois magistrados destacaram as suas trajetórias no Tribunal. "A minha história com a Justiça Eleitoral começou com o meu título eleitoral, pois sempre tive consciência do que aquele pedaço de papel representa", afirmou o desembargador Brandão. "Tenho orgulho de ter contribuído para a defesa do processo democrático e esse retrato representa o reconhecimento de um trabalho, agora eternizado", ressaltou. 

Já o desembargador Carlos Santos relembrou que atuou inclusive como mesário e presidente de mesa diversas vezes, até se tornar juiz, quando passou a assumir a titularidade de vários juízos eleitorais. "Eu encaro a vida como um eterno aprendizado e, com certeza, aprendi muito nessa Justiça especializada, desde no trato com as eleitoras e os eleitores em dias de votação até nas tomadas de decisão como presidente do Tribunal", afirmou o magistrado.

Ambos fizeram um agradecimento especial às servidoras e aos servidores do Tribunal. "O maior patrimônio da Justiça Eleitoral é o seu quadro de pessoal", elogiou Brandão. "Conseguimos fazer uma eleição difícil, no meio da pandemia, graças a esse corpo técnico de servidoras e servidores", complementou. O desembargador Carlos Santos destacou a dedicação e o empenho do quadro de pessoal do TRE-RJ. “Fui muito bem recebido nesta casa e contei com o apoio de servidoras e servidores, que sabem fazer uma eleição como ninguém", ressaltou. 

Estiveram presentes na solenidade o corregedor-geral de Justiça do estado do Rio de Janeiro, Ricardo Rodrigues Cardozo; os desembargadores estaduais Luciana Silva Barreto e Caetano Fonseca Costa; as desembargadoras estaduais Lúcia Regina Esteves de Magalhães e Andréa Pachá; as desembargadoras eleitorais Alessandra de Araújo Bilac e Kátia Valverde Junqueira; o desembargador eleitoral Afonso Henrique Barbosa, o juiz Luiz Márcio Pereira e a juíza Adriana Ramos de Melo.

Acesse as fotos do evento no Flickr do Tribunal.

 

Últimas notícias postadas

Recentes