Quase 90% das digitais das eleitoras e eleitores foram reconhecidas no primeiro turno

Em média, não foram necessárias nem duas tentativas para a leitura biométrica

foto em detalhe de um eleitor ou eleitora tendo a digital lida pelo terminal do mesário

No primeiro turno das eleições, 6.421.074 (88,4%) do eleitorado apto a votar com biometria teve as digitais reconhecidas em todo o estado. Esse quantitativo abrange tanto quem já tem as digitais cadastradas na Justiça Eleitoral como aqueles passíveis de terem os dados biométricos aproveitados do Detran e da Senatran.

O percentual foi superior às eleições gerais de 2018, quando 85,55% do eleitorado biometrizado que compareceu às urnas teve as suas digitais reconhecidas. Em 2020, por conta da pandemia de Covid-19, as pessoas não foram identificadas biometricamente.

No dia 2 de outubro, a média de tentativas para a identificação por meio das digitais foi 1,74. Bem abaixo da quantidade máxima de tentativas permitidas. O procedimento poderia ser repetido até quatro vezes, nos casos de biometria não reconhecida. O número também foi inferior se comparado ao primeiro turno de 2018, que foi 1,87.

O tempo médio de votação no primeiro turno de 2022 foi de um minuto e 21 segundos por eleitor, sendo que o tempo médio para habilitar a biometria foi de 25 segundos.

Nas eleições gerais de 2018, o tempo médio de votação no primeiro turno foi de um minuto e 22 segundos e caiu para 39 segundos no segundo turno, quando havia dois cargos em disputa. Os dados relativos ao segundo turno do pleito deste ano ainda estão sendo consolidados.

icone mapa

Avenida Presidente Wilson, 198, Centro

Icone horário de funcionamento dos protocolos

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro funciona de segunda a sexta-feira das 11 às 19 horas.

Horário de atendimento nos cartórios eleitorais : de 11 às 17h

Central de Atendimento ao Eleitor:  (21) 3436-9000

Acesso rápido