Mesário

Posso me manifestar silenciosamente por meio do uso de bandeira, broche, dístico ou adesivo do meu candidato enquanto trabalho como mesário no dia das eleições?

Não, a manifestação silenciosa só é permitida aos eleitores comuns. Os integrantes das mesas receptoras de votos (seções) não poderão fazer qualquer tipo de propaganda durante a votação.

 

O trabalho como mesário é remunerado?

Não. O serviço prestado não é remunerado. O mesário receberá um auxílio-alimentação e terá direito a 2 (dois) dias de folga em seu trabalho (público ou privado), para cada dia de convocação.

 

Fui convocado pela primeira vez para mesário, passarei a ser sempre convocado?

Não há regramento acerca da matéria. Caso não seja mais de seu interesse a convocação como mesário, é preciso requerer ao juízo eleitoral da sua zona, justificando os seus motivos. 

 


No dia seguinte ao das eleições vou poder faltar ao trabalho para compensar?

Não. A lei prevê o direito a dois dias de folga para cada dia trabalhado nas eleições, porém é preciso conversar com seu empregador sobre a convocação e o seu direito de folga, para entrarem em acordo quanto aos dias em que o direito será fruído. Não esqueça de solicitar seu comprovante de prestação de serviço como mesário ao chefe do cartório eleitoral. Não havendo acordo entre empregado e empregador, as partes deverão levar a questão à apreciação do Juiz eleitoral, que decidirá com fundamento na legislação vigente, especialmente a Resolução TSE 22.747/2008.

 


Fui convocado para ser mesário. O que devo fazer?

Sua convocação conterá as informações necessárias. Caso tenha dúvidas, entre em contato com seu cartório eleitoral. 
Lista Completa de Endereços e Telefones das zonas eleitorais.

 

Como faço para ser mesário voluntário?

O TRE-RJ dedica uma página exclusivamente a informações úteis sobre o voluntariado para os trabalhos eleitorais.